Reflexões para Mulheres Mistério

April 20, 2017

 

Recebi esse texto de uma paciente querida, tocada por nossa conversa/consulta, e sou muito grata por ter lembrado de mim, mas principalmente, por permitir-se ser reinventada, por ter coragem de viver, por sentir-se, despir-se e dispor-se... admiro e aprendo com tantas mulheres assim, que às vezes chegam reduzidas, mas que são tão grandiosas, poderosas, deusas lindas. Gratidão ao Universo por nossos encontros/reencontros!

 

Fui buscada na pergunta exclamada...


“ O que você gostaria de ganhar no dia da Mulher?”


Como mulher, primeiramente, suspirei. Fechei lentamente os olhos e pensei. Havia tantos desejos... Alpendrados na soleira de uma vida inteira. Desejos de muitos anos... de muitos séculos... Meu Deus! Quantos desejos!


Não acreditava... EU, uma mulher, lua que já vai à míngua, alongando o direito de desejar. Por todas as mulheres! Que Honra!


Iniciei meus devaneios de desejos lembrando-me de Clarice Lispector quando dizia: “Com todo perdão da palavra, eu sou um mistério para mim”. Pois que só consigo pensar nos desejos se considerar o mistério que somos!


Meu primeiro desejo é que nós, “mulheres mistério”, possamos conviver com nossos abismos. Que possamos nos perdoar por nossas flutuações em desalinho com os padrões tão sempre sensatos. Que possamos ser LIVRES. Não essa liberdade para mudar a cor dos cabelos e das unhas, das cores das roupas, dos desejos de mudança... não! Desejo a Liberdade para experimentarmos a nós mesmas na nossa dor. Liberdade para ser na angústia dos dias, a valentia que silencia nossa tímida fraqueza. Sem medo de ser! Assumindo Verdade! Sem ter que aceitar o Slogan de MULHER MARAVILHA, aquela que trabalha, cuida dos filhos, da casa, do homem, dos jardins, ainda assim tão forte... tão valente... tão amante... tão ardente!! 

 

Meu profundo desejo é que possamos SENTIR E SER VERDADE!


Desejo que vivamos a verdade de sermos sós. E de andar lado a lado com nossa solidão.

 

Desejo que possamos achar o prazer no silêncio e também na convivência ensimesmada conosco. Desejo que não busquemos no outro um acostamento, que saibamos nos integralizar em inteireza em todos os aspectos que nos arremessam para o convivência com o diferente.


Desejo a nós, mulheres mistério, que saibamos sonhar... Não o sonho do príncipe encantado, nem do carro do ano, nem da casa com jardins e filhos correndo... Não! 

Desejo que saibamos que não tem fim a estrada dos sonhos. Que todo sonho realizado, logo perde a cor e novos sonhos são idealizados.

Meu desejo é de que não nos CULPEMOS por não querermos mais o sonho empalidecido. 

Que SAIBAMOS que não há problema nenhum em ter que viver sonhando e desgastando sonhos no usufruto das vivências. E que o mais importante não é o que se sonha... mas o quanto temos que nos reinventar para continuarmos sonhando... 

 

Meu profundo desejo é possamos nos reinventar nas conquistas e nas derrotas. Sabendo que tanto uma como a outra são facilitadoras para majorar essa essência que expande em nós mulheres... VIDA ABUNDANTE E MISTÉRIO! 


Desejo que sejamos poetas, cantoras, dançarinas...


Desejo que sejamos vento, flores, mar...


Desejo que sejamos meninas eternamente meninas!


Desejo que todos os dias - e todos os dias são nossos - reconstruamos nossas asas, que pelo avesso e revés da vida no cotidiano do tempo, são partidas, castradas e destruídas.

 

E assim, encerro com Cecília Meireles, mais uma mulher de cabeceira e seu desejo de esplendor! “Anda o sol pelas campinas e passeia a mão dourada pelas águas, pelas folhas... Ah! tudo bolhas que vem de fundas piscinas de ilusionismo... — mais nada. Mas a vida, a vida, a vida, a vida só é possível reinventada.”

 

Suzana Montauriol 
FadaSU
Idealizadora da UNIVIDA A Casa do Contador de Histórias
Escola de Pós Graduação na Cultura da Infância e Cultura de PAZ.

 

Share on Facebook
Share on Twitter
Please reload

Posts Em Destaque

Depoimento: Mariana Lima

May 21, 2020

1/2
Please reload

Posts Recentes

January 29, 2020

January 2, 2020

Please reload

Arquivo
Please reload

Procurar por tags